espaços

seguro o espelho
com força
está escuro, mas todas as luzes estão acesas.
falo com a imagem refletida
como se não fosse a minha
"Pare de preencher buracos
em agendas
em poltronas e salas de cinema.
de se fazer pequena,
de fazer poema
pare de sonhar."

A imagem refletida chora. sem disfarçar, sem pudor
e a do lado de cá implora,
por um tiquinho de amor
próprio.

Um comentário:

graphic Arte disse...

Sensacional 👏👏👏👏