poesia-concreta-marginal-autobiográfica-sem-compromisso-com-a-realidade.


Estranhamente
Nem todas as coisas
podem ser
sutis.
Algumas coisas são
assim
na lata.

2 comentários:

Caio Fabricius disse...

DÊ A LATADA DO BEM hahahahahah

{JV} disse...

"A lata te leva além".