O que eu aprendi jogando The Sims


Honestamente nunca fui fãs de jogos de videogame. Talvez porque eu nunca fui boa neles, ou porque, ao contrário das brincadeiras de “casinha” e “Barbie”, eu não posso ter total controle sobre as coisas.

As histórias são muitas vezes criativas, o que me faz pensar “ esse jogo poderia ser um livro”. Ai sim, talvez eu fosse me interessar. Porque o livro já está simplesmente feito, o que significa que eu não teria nenhum controle. É isso, mesmo. Sou um pouco oito/oitenta.
Mas, quando eu tinha uns 14 anos, minha vontade de criar personagens, somada com a minha queda por decoração de casas chamou minha atenção para o jogo The sims. É claro que eu construía uma casa e partia pra outra, porque o legal era só fazer. Porém acabei jogando um pouco, quando não tinha nada pra fazer.
Acontece que recentemente minha irmã mais nova também descobriu esse jogo, e apesar de gostar de videogame, ela também gosta mais de criar as casas, assim como eu. Vendo-a jogar durante esse tempo, e inspirada por vários textos online de “o que eu aprendi com”, resolvi escrever algumas coisas que aprendi com The Sims.
Lá vai:
Se você não tomar banho, você pode morrer
Se você não colocar uma escada na piscina, você não vai conseguir subir, e também vai morrer.
Em um incêndio, a melhor coisa a fazer é ficar pulando e gritando na frente do fogo.
Conversando mais de duas vezes com uma pessoa ( qualquer pessoa), não tem jeito, você vai se apaixonar.
Não compre um telescópio, porque você será abduzido e voltara grávida(o) de um E.T.
Se um armário estiver muito próximo na cama, você não será capaz de dar a volta, ficara lá gritando, até que alguém mude o armário de lugar.
Quando alguém entrar na sua casa e comer sua comida, sentar no seu sofá ou mexer nas suas coisas, você deve cumprimentar a pessoa, e virar amigo dela.
Desemprego, que isso... Ligue para algum lugar que eles tem um emprego perfeito pra você.
Mas assim como na vida, trabalhar é legal, mas melhor mesmo é ter um “macete” pra conseguir dinheiro e comprar o que você quiser.

Ainda não sei porque o Conar mandou tirar a propaganda de “Saia da sua vida e venha para o The Sims”... Ah, é realmente muito mais legal!

Um comentário:

Anônimo disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk é isso mesmo!