Enfim não estou mais "LOST "





SPOILER
Se você não viu o ultimo episodio de LOST, não leia.

Comecei a assistir Lost pela globo. Me lembro muito bem que o primeiro episodio, passou depois do Fantástico e fizeram uma grande propaganda dele. Na época eu estava de férias e pensei “ Tá, pode ser legal, mas eu não vou acompanhar, vai passar muito tarde.” Mas graças a Deus o Josh Holloway é bonito o suficiente para me fazer mudar de ideia. E por causa do loirinho marrento eu resolvi que ia acompanhar a série. Eu sei, é um motivo meio bobo, mas eu tinha quinze anos, né?
Foi por isso que eu comecei a ver, mas não foi isso que me vez acordar todos os dias as duas de manhã, assistir e dormir de novo para levantar as seis; Não foi isso que me vez comprar DVDs, baixar na internet e esperar até de madrugada por uma legenda. Foram os personagens, a história de vida de cada um. Mas é claro que o Sawyer tem uma parcela de culpa, porque afinal, ele se tornou meu personagem favorito, exatamente por ser o mais imperfeito de todos.
E durante esses seis anos, era isso que eu estava assistindo. Eu estava vendo se Charlie ia largar as drogas, Se Jim e Sun iam se acertar, se Clarie ia se tornar uma boa mãe, de Ben era ou não “do bem”, se Kate ia ficar com Jack ou Sawyer... E isso tudo eu fiquei sabendo.
Então pouco me importa se eu não sei como começou tudo na ilha, se eu não sei porque tinham estatuas egípcias lá, se eu não sei o que aconteceu com o Walt ou o que aconteceu com as pessoas depois que saíram da ilha. Porque sinceramente, se eu soubesse, ia estar profundamente decepcionada agora. Eu teria a sensação de que fui enganada. Que durante todos esses anos eu estava vendo uma série de mistérios, subjetiva e complexa, e que no final, se revelou uma novela das oito que entrega tudo de bandeja e acaba com um casamento e uma gravidez.
Assim como fiquei feliz que a J.K. não entregou o final inteiro em Harry Potter , e como fico feliz quando assisto um filme, onde o final é diferente para casa pessoa que o vê, eu fiquei feliz ao ver o final de LOST. E espero que quando eu escrever algo pra valer, também seja assim. Porque dessa forma, cada pessoa pode ter a sensação que aquele produto cultural foi realmente feito pra “ela”. Porque foi. Cada um vai dizer o que achou, de acordo com suas crenças, processos psicológicos e valores.
Então para mim, foi ótimo. Porque meus valores vão ao encontro dos propostos pela série ( quer dizer, isso, é o que eu entendi, obviamente). E mais do isso. Meus personagens tão queridos, deixaram o mundo sem saber um terço dos mistérios que os cercam. Exatamente como eu - e todas as pessoas - , farei um dia.

4 comentários:

Grustoli disse...

se fude

Anônimo disse...

Lost não é para todos.

Pedro^^

" Gio™ " disse...

Olá srta! Desculpe a demora para postar aqui! E realmente enfrentamos umas discussões tristes lá na comunidade pela manhã héin?
Realmente LOST foi uma série diferente, não acompanhamos uma história fechada e comum que será esquecida após o fim. Nos foi apresentado sim, um grupo de pessoas com as quais passamos 6 anos sofrendo, nos emocionando e nos divertindo. Mas não foi só isso, também fomos apresentados a um mundo completamente interessante, misterioso complexo e incompreensível como o nosso! Sensacional!
Chorei com algumas mortes incríveis (Charlie, casal Kwon...não aguentei e derramei muitas lágrimas mesmo!), fiquei bravo com algumas personagens( Ana Lucia e Kate me deram muita raiva em muuuuuuuitos momentos), ri com cada apelido que o Sawyer deu aos sobreviventes, aprendi com o Locke, me apaixonei pela Claire( a cena do pote de creme de amendoim foi LINDA E GENIAL), enfim, posso citar zincalhões de coisas boas que acompanhamos nesse seriado. E querem saber? Se tivesse sido cancelada no penúltimo episódio eu iria pensar: posso nem ver um final, mas o que passou já foi suficientemente fascinante!
O final foi lindo, digno para a série! E apesar das discussões que participamos (lembro bem da sua participação srta hehe), cheguei a conclusão de que "haviam pessoas que assistiam LOST, e outras que assistiam LOST". Cada um realmente buscou um objetivo para ver...mas o principal era acomapanhar personagens tão vivos, tão fascinantes e simplesmente ver diversas formas de viver a vida, pois um dia, todos iremos para outro lugar! Pena que isso não pareceu suficiente para todos...
Fiquei 6 anos acompanhando a série sim, fiquei 6 temporadas assistindo, e pra fechar isso lindamente, fiquei 6 horas esperando a legenda sair enquanto discutíamos na comunidade hehe, e aí eu pensei...será que a legenda demorou 6 horas para fechar esse ciclo? O mistério eo fascínio me acompanharam até nessa hora! Obrigado LOST!
(Desculpe o comentário gigantesco, mas a respeito dessa série, eu poderia escrever infinitamente aqui...)

.J.V. disse...

Com certeza, concordo com tudo o que você disse. Os personagens, como eu disse no post, são o ponto principal. E a relação entre eles - como foi provado no final. O problema, é realmente o que você disse. Tinha muita gente que queria saber coisas que sinceramente, não tinham relevância. Kate e Ana Lusia também me deram raiva. E o Michael também em certos momentos. Mas sabe, eu gosto de todos, cada um ao seu modo. Isso porque eles criaram personagens tão hibridos que ficaram bastante... Reais. Como pessoas que eu e você conhecemos.
Podemos não saber tudo, mas eles explicaram a origem dos outros, a história do monstro da fumaça e de Jacob, o porque do avião ter caido,o black rock, os numeros, o que é a ilha, a realidade paralela... Até adão e Eva. O que já é mais do que nós sabemos do nosso próprio mundo.
Pra mim também valeu apena cada noite acordada que eu passei nesses seis anos.
*(*